Ansiedade alimentar

Ansiedade ou transtorno de ansiedade é caracterizado por um estado emocional que gera desconforto e inquietação que podem estar acompanhado de sintomas físicos, como palpitação no peito, tremedeira, falta de ar entre outros, essas informações são facilmente encontradas na internet e muitas pessoas se identificam e se reconhecem como ansiosas, objetivo do texto de hoje é trazer mais informações sobre um tema particular, mas que envolve a ansiedade, que é falar sobre a ansiedade alimentar. Ou seja, o transtorno de ansiedade pode ir além dos sintomas citados anteriormente, podendo estar direcionada para um campo especifico (em alguns casos, a combinação de ambos), além dessa ansiedade e sintomas é muito comum ouvir pessoas falando que se sentiram ansiosas durante o dia e “descontaram” na alimentação, principalmente nos doces, o que pode desencadear uma série de problemas, como questões de saúde física, diabete, colesterol, ganho de peso e até uma compulsão alimentar. Entender a relação da ansiedade com alimentação é primordial para conseguir desenvolver um trabalho terapêutico em sessão de terapia.

Quais são as causas da Ansiedade Alimentar?

É difícil definir causas explicitas da ansiedade por alimentação, depende da história de vida de cada paciente, o que podemos adiantar é que essa ansiedade é motivada por questões emocionais, que podem estar associadas a questões mal resolvidas, culpa, frustrações, excessos de trabalhos/atividades, insegurança ente outros.

Quais são os comportamentos mais comuns da Ansiedade Alimentar?

Associar os problemas e situações a necessidade de consumir algo, seja um doce, salgado ou algo mais simples, como uma bala, outro fator a ser observado é a quantidade de alimentos que o paciente consome durante o dia, todos esses são pontos de atenção porque esses estímulos contínuos e diários podem se tornar um hábito e levar a compulsão alimentar.

Quem pode me ajudar a identificar e principalmente, trabalhar essa Ansiedade Alimentar?

Psicólogos são grandes parceiros na identificação e trabalho do manejo dessa situação, em alguns casos, pode ser importante o acompanhamento de um nutricionista para reeducação alimentar, de qualquer forma, no primeiro momento, dentro da terapia o paciente conseguirá identificar os traços da ansiedade alimentar e seus prejuízos para a saúde física e emocional.

Considerações finais

Ansiedade é um tema amplo, com vários campos e que cada vez se torna mais popular e é grande parte da demanda e procura nos consultórios, seja no formato presencial ou on-line. Junto com essa demanda, tem sido cada vez mais comum queixas sobre ansiedade alimentar e os prejuízos para a saúde do paciente. Se você se identificou com esse tema, tem curiosidade de entender mais e está em busca de auxilio psicológico, agende sua primeira sessão, vamos nos conhecer!

Escrito por:

Psicóloga Daniella Borges CRP: 06/164488

Psicólogos

Eric Heibel

CRP: 06/164529
Psicólogo Clinico
Atendimento de adultos e adolescentes

Daniella Borges

CRP: 06/164488
Psicóloga Clinica Comportamental

Contato

Entrem em contato conosco e agende uma conversa.