Relacionamento abusivo.

Relacionamento abusivo e/ou tóxico acontece quando duas pessoas estão em um compromisso, como namoro, noivado ou casamento e uma delas sofre com o comportamento verbal ou não verbal e as atitudes exercidas pelo seu parceiro(a), ou seja, em outras palavras, o relacionamento abusivo não se resume a violência física, ele tem outras dimensões, como violência psicológica, violência sexual e violência moral. É comum encontrar em um mesmo relaciomento abusivo todas as dimensões juntas, ou seja, violência física (agressão física), violência psicologia (agressão emocional e verbal) e violência sexual (também é uma forma de violência física, mas é voltada para o ato sexual) e violência moral (calunia, difamação e injúria).              

Segundo a OMS, Organização Mundial da Saúde, uma em cada três mulheres vai sofrer alguma forma de violência ao longo da sua vida, a OMS apresenta dados sobre as mulheres porque é mais comum que a vítima seja mulher, mas é importante ressaltar que existem casos em que o relacionamento abusivo tem como agressor a mulher em relação ao seu parceiro(a). 

Quais são as causas do relacionamento abusivo?

As causas estão voltadas para o agressor, que pode ser motivado por algum ciúme patológico, falta de confiança e autoestima sobre si próprio e dificuldade para lidar com o outro e sua liberdade. É muito importante que o agressor passe por tratamento psicológico para conseguir mudar suas atitudes frente aos relacionamentos, se não, viverá em um eterno ciclo, praticando as mesas atitudes continuamente.          

Quais são os sinais de um relacionamento abusivo?

  • Ciúmes em excesso;
  • Controle do comportamento do seu parceiro(a);
  • Chantagem;
  • Ameaça;
  • Agressão física;
  • Agressão psicólogica;
  • Medo;
  • Indiferença;

(Importante lembrar que não necessariamente o agressor vai apresentar todos os sinais juntos. )

Quem pode me ajudar a identificar se estou em um relacionamento abusivo?

Profissionais da saúde mental podem ajudar, através do acompanhamento clinico. Essa análise é realizada por psicólogos.

Considerações finais:

O relacionamento abusivo é um tema muito importante a ser falado e compartilhado, é comum a vitima viver dentro de um ciclo e não perceber o quanto o seu parceiro(a) te trás malefícios e apresenta os sinais ditos neste post, ou seja, é difícil a vítima se reconhecer em um relacionamento abusivo. Por isso a importância de cada vez mais falarmos sobre o tema, para que as pessoas consigam refletir sobre o companheiro(a) que escolheram para dividir a sua vida. Se você se identificou com esse post e quer conversar, agende uma consulta!

Daniella Macedo Borges
Psicóloga – CRP 06/164488

Psicólogos

Eric Heibel

CRP: 06/164529
Psicólogo Clinico
Atendimento de adultos e adolescentes

Daniella Borges

CRP: 06/164488
Psicóloga Clinica Comportamental

Contato

Entre em contato conosco e agende uma conversa.